Planeta  TERRA- BRASIL- 5 de Junho de 2020.

Há quase três meses vivendo a pandemia da Convid- 19 ratifico duas expressões bastante corriqueiras entre nós: carpe diem e yolo.

A expressão carpe diem é quase um chip daqueles que haker nenhum conseguiu deletar.

Carpe Diem é parte da frase latina ” carpe diem quam minimum credula postero”, extraída de uma das Odes do poeta romano Horácio, e tem inúmeras traduções possíveis: colhe o dia, desfruta o presente, vive este dia, aproveite o dia, aproveite o momento, um dia de cada vez…

É o conselho de Horácio à personagem Leocone: confia o mínimo no amanhã. Datado em 65-a.C.  século I a.c, essa fala percorre a história da humanidade ratificando estilos de vida. Ratificando a vida diante de perigos iminentes.

Carpe Diem é a expressão que se reiventa pela arte, seja  pelo cinema, seja pela literatura.

O autor  inglês renascentista Robert Herrick escreveu o poema To the virgins to make much of time ( Para as moças aproveitarem a juventude). Eis um trecho: GATHER YE ROSEBUDS WHILE YE MAY,

OLDE TIME IS STILL A FLYING

AND THIS SAME  FLOWERE

THAT SMILES TO DAY

TOMORROW WILL BE DYING.

Traduzindo: Reúna os seus tipos de flor enquanto estiverem, tempos antigos continuam voando e essa mesma flor que sorri para você hoje, amanhã estará morrendo.

Já a gíria YOLO que circula muito pela internet, estampada em camisetas, em objetos, ratifica carpe diem.

YOLO – YOU ONLY LIVE ONCE, ou seja, você vive somente uma vez.

Essas duas expressões estão marcando significativamente 2020.

A humanidade passa novamente pelo apelo de viver um dia de cada vez.

Psicólogos analisaram perfis de internautas e a palavra mais usada, na última década, foi GRATIDÃO.

Gratidão por mais um dia… CARPE DIEM. YOLO.

Gratidão por mais uma noite…CARPE DIEM  . YOLO .

Gratidão pelo ar que se respira. Ou pelo respirador do hospital de campanha. CARPE DIEM. YOLO.

A pandemia ameaça a vida terrena.

A pandemia ameaça a vida dos mais velhos.

Por isso reedita-se CARPE DIEM.

Reedita-se o poema: PARA AS MOÇAS APROVEITAREM A JUVENTUDE.

Caro leitor, se é verdade que vivemos somente uma vez, que tal termos uma atitude tão necessária do nosso tempo: matar o racista que há dentro de nós?

Renasça, após pandemia. Que YOLO seja prá valer!!!

(Dedico este post ao anjo negro Miguel, notícia da semana,  o menino caiu do nono andar( cinco anos de vida ). Apenas cinco anos de carpe diem.

Ps. A mão branca apertou o nove…

 

 

 

Compartilhe: